Reportagem GP Jerez

Este fim de semana o campeonato entrou na Europa e agora começou a doer:

#MotoGP

Vitória categórica de Valentino Rossi numa corrida bastante aborrecida. Rossi, que saiu da pole pela 3ª vez nos últimos 6 anos, partiu em primeiro e só perdeu a posição escassos milésimos de segundo em que o seu colega de equipa Jorge Lorenzo o tentou passar mas acabou por ceder imediatamente a posição. Jorge Lorenzo este que anunciou este fim de semana o seu acordo com a Ducati já para o próximo ano. Marc Marquez foi um confortável 3º lugar.

A saga de azar de Andrea Dovizioso parece não ter fim e desta vez o piloto italiano sofreu com os problemas da Michelin e teve de abandonar devido a uma irregularidade no seu pneu traseiro. Dani Pedrosa  ficou com o 4º lugar seguido pelas duas Suzuki, Espargaro e Vinales. Andrea Ianonne estranhamente pouco à vontade nesta pista não foi além do 7º lugar e nota para o 8º lugar de Pol Espargaró como 1º das motas não oficiais.

#Moto2

Primeira vitória da época para o britânico Sam Lowes aumentando a sua liderança no campeonato. Jonas Folger e Alex Rins completaram o pódio numa corrida  marcada por muitas quedas e por uma grande exibição de Miguel Oliveira até cair. Miguel Oliveira  rodava em 7º a 6 voltas do fim antes de cair, à frente de nomes como Nakagami, Luthi e até mesmo do campeão do mundo em título Zarco que teve uma corrida muito positiva em relação ao seu fim de semana. Novamente, fica o registo do forte ritmo de corrida do português e ficam esclarecidas as dúvidas: Miguel Oliveira pode brilhar em Moto2 ainda esta época.  O seu colega de equipa Danny Kent também caiu.

#Moto3

Primeira vitória da carreira de Brad Binder e que vitória! Brad Binder penalizado por uma irregularidade detetada na sua centralina no sábado, foi obrigado a sair da última posição da grelha. E não é que o piloto sul africano mesmo com mais de 30 pilotos à sua frente acabou por chegar à 1º posição da prova e a ganhar a corrida? Grande exibição por parte do ex-colega de equipa de Miguel Oliveira e mostrando que este ano será muito difícil o título de Moto3 fugir das suas mãos.

Quanto a todos os outros ofuscados pelo piloto da KTM, houve mais um piloto da KTM a brilhar. O pequeno italiano dado como futuro Rossi, Nicolo Bulega, realizou uma última volta irrepreensível ultrapasssando Bagnaia e Navarro para garantir o 2º lugar. Bagnaia conseguiu o lugar mais baixo do pódio na sua Mahindra. Navarro, que parecia ser o segundo piloto mais rápido a seguir a Binder nem sequer no pódio conseguiu ficar.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s